20 de julho de 2024 - 13:40

Cultura

Governos de SP e da França fazem intercâmbio musical

Iniciativa representou mais um passo significativo na partilha de experiências sobre o acesso à cultura por meio da prática musical

No início deste ano, representantes do Guri – programa do Governo do Estado de São Paulo gerido pela Santa Marcelina Cultura, por meio de contrato de gestão celebrado com a Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo – realizaram uma visita à França para conhecer de perto o processo de aprendizagem musical local e concretizar a parceria com o Démos, programa coordenado pela Cité de la musique – Philharmonie de Paris.

No mês de novembro, o Guri recebeu os profissionais franceses em terras brasileiras, em um intercâmbio que visou estreitar ainda mais os laços entre as duas iniciativas.

Démos, que teve início em 2010, é um programa de democratização cultural que engloba desde o despertar musical para crianças pequenas até a prática da música tradicional, contemporânea e atual para todos os públicos.

O primeiro representante a desembarcar no Brasil foi Gilles Delebarre, diretor do Démos na Filarmónica de Paris. Delebarre é especialista na difusão da música tradicional, com foco no gamelão javanês, e possui sólida formação acadêmica nas áreas de educação musical e etnomusicologia.

Durante a visita, de 5 a 9 de novembro, o diretor esteve em São Paulo participando de uma série de atividades com o Guri, que incluem uma visita guiada pela Emesp Tom Jobim, ensaio da ópera “Os Conspiradores”, visita aos polos do Guri Fundação Casa e ao polo Guri São Rafael, e uma programação conjunta com o Consulado Geral da França.

Além de Gilles, a delegação francesa também conta com outros membros destacados. Victor Jacob, maestro francês que recebeu o prêmio “Révélation chef d’orchestre” nos Victoires de la musique franceses em 2023; Patrick Toffin, clarinetista envolvido no desenvolvimento do Démos em toda a França; e François Goutal, responsável pelo Démos em Thouars.

O trio ficou em São Paulo entre 9 e 19 de novembro e suas atividades também incluíram visita aos polos do Guri Penha, Curuçá, Casa Blanca, Perus e São José dos Campos, além de concertos dos Grupos Musicais do Guri. Um dos destaques foi a interação com os grupos de coral, teoria musical e prática de banda do Guri, compostos por alunos de diferentes faixas etárias, entre 8 e 18 anos.

E, além do Guri, houve visita às instalações da Emesp Tom Jobim, outro notável centro de formação musical no país, gerido pela Santa Marcelina Cultura, com uma visão abrangente da excelência musical que floresce no Brasil.

Durante as visitas, os convidados franceses tiveram a oportunidade de participar ativamente dos programas, incentivando o enriquecimento mútuo baseado na vivência das práticas de educação musical e social de cada programa.

Essa colaboração transatlântica serviu para trocar experiências, estratégias de ensino e perspectivas culturais, promovendo uma maior compreensão e fortalecendo laços por meio da linguagem universal da música.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.