14 de novembro de 2018 - 05:01

Educação

06/11/2018 10:10

Estudantes do Curso Preparatório Comunitário terão revisão para segunda etapa do Enem

As aulas serão focadas nas matérias de exatas, com questões de Matemática e Ciências da Natureza

Estudantes dos sete polos do Curso Preparatório Comunitário (CPC) Profº Wantuil José Carvalho Silva, oferecido pela Prefeitura de Cuiabá por meio da Secretaria de Inovação e Comunicação (Sicom), terão esta semana aulas de revisão, preparatórias para a segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. As provas que acontecem no próximo dia 9 vão abordar  matérias de exatas, com questões de matemática e de ciências da natureza, que incluem química, física e biologia.

Na semana passada, as vésperas da primeira etapa das provas realizadas neste domingo (4), os estudantes participaram de uma aula especial de redação, com  dicas de interpretação, escrita e gramática.

O CPC é mais uma promessa cumprida pela gestão Emanuel Pinheiro, reforçando o compromisso da administração pública com a população cuiabana, em especial com aqueles que mais precisam.  

As aulas do curso preparatório tiveram inicio em março e terminarão no próximo dia 9. No total, foram atendidos 1.200 alunos na modalidade presencial, distribuídos em sete polos em todas as regionais da capital, e  mais de 2 mil na modalidade EAD onde o curso contou com turmas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), hospedado no portal oficial do CPC.

Durante os meses de preparação para o Enem 2018 os alunos tiveram aulas ministradas por professores de alto nível dos melhores cursinhos de Cuiabá,  todos receberam material didático e apostilas, além de  uniformes,  fornecidos  pela administração municipal de forma gratuita.  

Para o secretário de Inovação e Comunicação, Júnior Leite, a  proposta do prefeito Emanuel Pinheiro possibilitou que dezenas de alunos tivessem uma  preparação de qualidade para o Enem . Do total de vagas disponibilizadas, 10% beneficiaram  funcionários ou filhos de funcionários públicos e outros  5%,  pessoas com algum tipo de deficiência.

“O curso preparatório foi inovador. Aliou um grupo experiente de professores, a uma plataforma de estudos virtual e metodologia modernas, para abordar as  quatro áreas do conhecimento: Ciências da Natureza, Ciências de Matemática, Códigos de Linguagem e Ciências Humanas e Suas Tecnologias. Além disso, contemplou jovens e adultos de baixa renda, das quatro regiões de Cuiabá, que puderam estudar com conforto e segurança”, destacou.

O coordenador do CPC professor Cláudio Taques, o Pardal, destacou a importância da iniciativa. “Com esse projeto, a Prefeitura de Cuiabá, na gestão Emanuel Pinheiro, cumpre o seu papel de proporcionar a igualdade entre a população, pois o nosso curso não deixou nada a desejar em relação aos a qualidade dos cursinhos existentes na capital”, afirmou.

As aulas do CPC são ministradas no período noturno, das 19 às 22 horas, e acontecem na Escola Estadual Presidente Médici, no centro; Escola Estadual André Avelino, no CPA I; Escola Professor Rafael Rueda – CAIC , no Pedra 90; no Centro Comunitário do bairro 1º de Março; no Centro Cultural Silva Freire, no Coxipó; e na Universidade de Cuiabá (Unic), no Jardim Europa.

Em relação ao ano que vem, a Prefeitura de Cuiabá aguarda a decisão de uma ação civil publica, representada pelo Sintep Cuiabá, que entende não ser de responsabilidade do executivo municipal esse tipo de investimento.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.