02 de março de 2024 - 23:15

Educação

02/10/2023 21:01

Estudantes da rede estadual podem fazer rematrícula pelo MT Cidadão e portal de serviços do Governo

Todos os estudantes precisam fazer a rematrícula de 9 a 31 de outubro para o ano letivo de 2024

A rematrícula dos estudantes da rede estadual para o ano letivo de 2024 pode ser feita pela internet, por meio do aplicativo MT Cidadão ou do Portal MT GOV, o Portal Unificado de Serviços do Governo de Mato Grosso. O prazo será entre 9 e 31 de outubro, sem previsão de prorrogação.


A medida é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT) e a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI).


Com essa nova abordagem anunciada de forma antecipada pela Seduc, os 332.261 estudantes matriculados em 664 escolas têm a comodidade de realizar a rematrícula de qualquer lugar e a qualquer hora, eliminando a necessidade de deslocamento até a escola. Além disso, o sistema online garante maior segurança nas informações fornecidas, uma vez que os dados são armazenados em ambiente digital, protegidos por medidas de segurança.


“A utilização da tecnologia na rematrícula traz benefícios significativos, tanto em termos de agilidade no processo quanto na comodidade, já que o estudante ou os pais podem fazer todo o passo a passo sem sair de casa”, enfatizou o secretário de Estado de Educação, Alan Porto. Ele reforçou que a rematrícula é obrigatória para todos os alunos do ensino fundamental, ensino médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).


A rematrícula é um processo fundamental para o planejamento escolar do próximo ano letivo, que está previsto para iniciar na primeira quinzena de fevereiro de 2024. Isso permite que as diretorias regionais de educação (DREs) tenham uma visão mais clara sobre a quantidade de vagas disponíveis em cada escola e, assim, seja capaz de tomar decisões estratégicas para atender a demanda.


O sistema online permite que os responsáveis acompanhem de perto o processo de rematrícula e recebam notificações sobre prazos e informações importantes. Essa comunicação eficiente fortalece o vínculo entre a família e a escola, promovendo a participação ativa dos responsáveis na educação de seus filhos.


Segundo Alan, ao realizar a rematrícula no prazo estabelecido, os estudantes garantem seu acesso à educação e contribuem para a organização das turmas e da infraestrutura escolar.


A implementação desse sistema também contribui para a redução de gastos e uso de recursos físicos, como papel e outros materiais, tornando o processo mais sustentável. 


“Esta novidade é um exemplo de como a inovação pode trazer benefícios para a área da educação, proporcionando maior eficiência e praticidade para os estudantes e as instituições de ensino. Estamos ampliando a oferta de serviços digitais à população em todos os sentidos dia após dia”, completa o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra.


No entanto, é importante ressaltar que o uso da tecnologia na rematrícula não deve excluir a possibilidade de atendimento presencial para aqueles que não têm acesso à internet ou que por algum motivo não consigam realizar o processo online. Desta forma, a Seduc garante alternativas viáveis e inclusivas para que todos os alunos possam realizar sua rematrícula de forma adequada.


Essa iniciativa mostra o compromisso do Governo de Mato Grosso em proporcionar uma educação de qualidade, utilizando os recursos tecnológicos disponíveis para melhorar os processos e facilitar o acesso à educação para todos os estudantes.


Clique no link e acesse o Portal MT GOV


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.