30 de maio de 2020 - 06:17

Eventos

CINE ÁFRICA EM CASA por Gilda Portella

CINE ÁFRICA | EM CASA

Vamos ver filmes africanos em casa durante o isolamento social?

Enquanto não podemos voltar a encher as salas de cinema com o público incrível, a Mostra de Cinemas Africanos ativar o  cineclube Cine África em Casa para uma versão de bate-papos virtuais.

Entre os meses de maio e julho, o Cine África terá 9 filmes africanos e promoverá encontros online com pesquisadores convidados de várias partes do Brasil. A ideia sempre é aumentar o repertório de filmes africanos aqui no país.

Se você quer conhecer mais filmes realizados na África, tem que inscrever para receber os links dos filmes e dos  encontros virtuais. Clique no botão abaixo para acessar todas as informações e para realizar a inscrição.

Dúvidas? Escreve pra gente: [email protected]

SOBRE A MOSTRA DE CINEMAS AFRICANOS

Com curadoria de Ana Camila Esteves (Brasil) e Beatriz Leal Riesco (Espanha), a Mostra de Cinemas Africanos reúne filmes de curta e de longa-metragem dos cinemas africanos contemporâneos, muitos inéditos no Brasil. O recorte curatorial atende à demanda por proporcionar espaços  de exibição no Brasil de filmes recentes produzidos na África e sua diáspora nos últimos cinco anos, bem como promove o contato do público com as estéticas e narrativas presentes nesta cinematografia ainda muito desconhecida do público brasileiro.

Nas edições já realizadas desde 2018, a Mostra exibiu filmes dirigidos por cineastas de países como Senegal, Sudão, África do Sul, Nigéria, Burkina Faso, Quênia, Tunísia, Marrocos e Egito, entre outros, além de produções em territórios afrodiaspóricos como França e Cuba, protagonizadas por sujeitos africanos e afrodescendentes. Os filmes variam entre ficção e documentário e oferecem uma chance rara ao público brasileiro de criar repertório sobre uma cinematografia vibrante e diversa em temáticas, paisagens e estéticas.

As curadoras acompanham as trajetórias dos filmes africanos nos mais importantes festivais de cinema do mundo, como Cannes, Berlinale, Toronto, Veneza, Rotterdam e Fespaco (este o maior festival de cinemas africanos na África, em Burkina Faso), e trazem para o Brasil os títulos de maior interesse que estiveram em exibição ou em competição.

O Cine África é um cineclube que tem como principal objetivo difundir a produção audiovisual realizada no continente africano. O "Cine África | Em Casa", permite que continue a aumentar o repertório do público brasileiro de filmes de cineastas africanos(as). O Cine África terá três sessões por mês em formato digital: primeiro assiste-se ao filme, cada um na sua casa, e depois se reúne virtualmente para um bate-papo com convidados.

Como funciona?
1) Após a inscrição, O Cine África envia por e-mail um link temporário de acesso ao filme legendado em português. O link estará disponível uma semana antes do bate-papo, assim dá tempo de você assistir;
2) No mesmo e-mail O Cine África envia o link de acesso ao bate-papo virtual, que acontecerá nas datas e horários marcados de acordo com a nossa programação, além de todas as instruções necessárias;
3) No caso de o filme estar disponível em alguma plataforma de streaming, será indicado onde você poderá assistir;

Confira abaixo na programação a data de envio dos links de cada filme.

As sessões acontecem sempre aos sábados (os três últimos de cada mês) e sempre às 16h.

http://mostradecinemasafricanos.com/?fbclid=IwAR3fbxZzkmutV1CtAXG9uZ98i44QfTZtVK2eck9G_oEGWolplqmY19o-D9c



PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

MAIO
16- “Mossane”, de Safi Faye (Senegal,1996)
Convidada: Evelyn Sacramento
(envio do link até o dia 10) 

23- “Moolaadé”, de Ousmane Sembène (Senegal, 2004)
Convidado: Márcio Paim
(envio do link até o dia 17)

30- “Sambizanga”, de Sarah Maldoror (Angola, 1972)
Convidada: Renata Dariva
(envio do link até o dia 24)

JUNHO
13- “Inxeba”, de John Trengove (África do Sul, 2017)
Convidado: Lecco França
(envio do link até o dia 7)

20- “Lionheart”, de Genevieve Nnaji (Nigéria, 2018)
Convidada: Marina Gonzaga
(filme disponível na Netflix)

27- “Yeleen”, de Souleymane Cissé (Mali, 1987)
Convidada: Janaína Oliveira
(envio do link até o dia 21)

JULHO
11- “Félicité”, de Alain Gomis (Senegal, 2017)
Convidada: Maíra Zenun
(envio do link até o dia 5)

18- “Ceddo”, de Ousmane Sembène (Senegal, 1977)
Convidado: Detoubab Ndiaye
(envio do link até o dia 12)

25- “Heremakono”, de Abderrahmane Sissako (Mauritânia, 2002)
Convidada: Hannah Serrat
(envio do link até dia 19)

E aí, quer participar? Então, fica em casa e se inscreve aqui! 

https://docs.google.com/forms/d/1a7xsY4xfIqlfKH5X1T2CNKlH9ER8k5ainXMImbP_OcE/viewform?edit_requested=true

O Cine África é uma realização da Mostra de Cinemas Africanos, em parceria com o Circuito Saladearte, sob a coordenação de Ana Camila Esteves, Jusciele Oliveira e Morgana Gama

A sua inscrição aqui é automática para a nossa newsletter, de acordo com as suas preferências de datas e de privacidade. É por lá que enviaremos os links dos filmes e das reuniões virtuais, além de informações sobre o universo dos cinemas africanos.

Fique atentx para o endereço <[email protected]>, ele é o remetente dos nossos e-mail para você. Adicione aos seus endereços confiáveis.

IMPORTANTE:
Os links dos filmes serão enviados no domingo anterior aos encontros virtuais. Somente os inscritos até estes respectivos dias receberão o link do filme da semana POR E-MAIL. Se os novos inscritos quiserem ainda assim ver o filme durante o período em que estará disponível online, podem acessar a nossa newsletter, onde armazenamos todos os e-mail enviados semanalmente: https://cineafrica.substack.com/

*** Lembrando que cada link fica disponível somente por uma semana, a não ser que já esteja hospedado no YouTube ou na Netflix.

Dúvidas: [email protected]

 


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.