25 de agosto de 2019 - 01:43

Polícia

01/08/2019 11:00

Ex-candidato nega agressão a criança

O ex-candidato a deputado estadual, Alex Rabelo de Araújo, acusado de de agredir e esganar uma criança de apenas nove anos, no Edifício Garden 3 Américas, localizado no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá, na quarta-feira (31), negou todas as acusações. “Tenho várias mães que estavam comigo e não me deixam mentir”. Segundo ele, o menor, há algum tempo, apresenta um comportamento agressivo. Cristiane Lisboa dos Santos, mãe da suposta vítima, deverá ser acionada na Justiça por conta do fato.

“Nós temos aqui no condomínio um menino que é muito levado. A mãe já foi notificada várias vezes por diversas situações. Ele passa a mão nas partes íntimas de outras crianças, joga pedra. Tanto é que ela já relatou que ele tem problemas psiquiátricos”, disse o ex-candidato a deputado estadual.
 
Alex ainda pontua que, no dia do fato, a criança teria descido com uma arma de pressão e atirado um dardo contra ele. “Eu falei para ele não fazer isto. Mas ele pegou a arma e atirou em outra menina, mas também não machucou. Quando chamamos a atenção, ele correu para a quadra, onde estava minha filha, passou a mão nas partes íntimas dela e depois atirou no seu olho. Machucou a parte interna, tanto é que vou ter que levar no oftalmologista, ficou vermelho”.
 
“Eu errei apenas na parte de segurar no braço dele para afastá-lo da minha filha. Deveria ter pego ela e saído de lá. Mas na hora, quando viu sua filha chorando, dizendo o que ele fez e com o olho bastante vermelho, é difícil. Não teve agressão. Tanto é que tinha várias mães que estavam junto comigo. Acha que elas iriam até a delegacia, por livre e espontânea vontade me defender, como fizeram?”, questionou.
 
Alex ainda pontua que a mãe do menino então desceu e começou a ameaçar bater nele. Depois, para evitar confusão, ele disse que não haveria condições de conversar com ela naquele estado. Além disto, ele explica que ela chamou familiares, que fizeram outras ameaças contra ele.
 
“Ela fala no boletim de ocorrências das imagens, mas ela nem pegou. Eu estou fazendo isto agora e vou encaminhar para a polícia. Vou acionar ela na Justiça. Tenho que me defender. Lamento demais por este ocorrido, eu trabalho com criança, faço trabalhos sociais”, acrescentou.
 
Por fim, Alex afirma que “a criança não mora com a mãe. Ela entregou para a avó justamente por conta dos problemas que tinha. Foram várias multas. O garoto tem mania de falar que vai matar gente. Infelizmente, é complicado”.
 
O caso
 
O ex-candidato a deputado estadual, Alex Rabelo de Araújo, foi acusado de agredir e esganar uma criança de apenas nove anos, no Edifício Garden 3 Américas, localizado no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá. O fato foi registrado na noite da última quarta-feira (31). O fato teria se dado após a vítima atingir a filha do suspeito com um dardo no rosto. O homem nega as agressões.
 
De acordo com o boletim de ocorrências, a criança estaria brincando na área de lazer do condomínio de luxo quando atingiu o rosto da filha do ex-candidato com um dardo no rosto. Ao perceber que a menina estava chorando e machucada, Alex teria – supostamente – atingido a vítima com um soco no rosto e a esganado.
 
A mãe da vítima relata na ocorrência que a ação teria sido filmada pelas câmeras de monitoramento do edifício e que o filho estaria com escoriações no pescoço e braços.
 
O ex-candidato negou as acusações e disse que apenas segurou o menino para que ele se afastasse de sua filha. Uma moradora, também ouvida pela polícia, teria confirmado a versão dele e ainda acrescentou que a criança agredida sempre frequenta o local desacompanhada, onde agredi e importuna outros colegas.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.