28 de setembro de 2020 - 18:03

Polícia

31/08/2020 23:19

Médico e filho são acusados de baixaria no Manso com espancamento e tentativa de atropelamento

O médico que também é coronel aposentado da Polícia Militar teria dado coronhadas de sua pistola na cabeça do advogado causando uma laceração de 5 centímetros

O proprietário da clínica Gastro MT, o médico especialista em cirurgia bariátrica, Juliano Canavarros e seu filho Rafael Canavarros estão sendo acusados de espancarem neste final de semana o advogado C.C no condomínio fechado Xaraes que fica no lago de Manso.

 

O médico que também é coronel aposentado da Polícia Militar teria dado coronhadas de sua pistola na cabeça do advogado causando uma laceração de 5 centímetros.

O sobrinho do médico Rodrigo Pinho também teria participado do espancamento.

A agressão ocorreu por desentendimentos entre o médico e o advogado ocorrido em uma festa de aniversário.

O advogado registrou uma notícia crime e fez um boletim de ocorrência contra o médico, seu filho e seu sobrinho.

Segundo o advogado, o filho do médico ainda tentou atropelá-lo com um quadriciclo, mas, sua namorada teria sido atingida.

Veja Documento na integra:

noticia-criminis-lesao-corporal

 

Atualizada

Agressão contra advogado ocorreu no dia 1º de agosto

A agressão que terai sido cometido pelo medico Juliano Canavarros ocorreu no último dia  1º de agosto. E o advogado supostamente agredido é Cleverson Campos Contó, de 33 anos.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.