20 de agosto de 2018 - 10:42

Saúde

18/05/2018 10:41

Dia D da Campanha contra gripe é neste sábado (19), em Várzea Grande

Será realizado no próximo sábado (19), o Dia D da Campanha de Vacinação contra a gripe, em Várzea Grande.As 19 unidades de saúde ficarão abertas para imunizar os grupos prioritários, de 08h às 17h. A estimativa é de alcançar a meta de 60 mil pessoas dos grupos prioritários. Até a data do dia 14, quase 50% da meta já foi atingida. A ação por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande tem objetivo de dar oportunidade aquelas pessoas que trabalham durante toda a semana, em ir a um dos postos disponíveis no dia D. Para este dia estarão à disposição da população mais de 9 mil doses da vacina.

As pessoas que fazem parte dos grupos prioritários devem procurar as unidades mais próximas de suas casas, que são idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto).

A Gerente da Vigilância Epidemiológica do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande, Relva Cristina, ressalta que as vacinas continuarão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde, até o dia 01 de junho. O atendimento de rotina para vacinação nas unidades é, das 7h30 às 10h30 período matutino e das 13h30 até 17h durante à tarde, de segunda à sexta.

“Estamos tendo uma procura muito grande pela vacina, no entanto temos que conscientizar à população de que a imunização só será feita para os grupos prioritários, caso a meta estimada seja alcançada a vacinação será aberta ao público geral, mas enquanto isso estamos intensificando em imunizar o que o Ministério da Saúde determina”, explica Relva. 

Dados de doses aplicadas: Até o  dia 14 de maio, 46,21% da população prioritária estimada - que é de 60 mil dos grupos prioritários - receberam a vacina contra a gripe em Várzea Grande - ou - 21.500 doses aplicadas. Dessas doses aplicadas 5.945 foram em crianças, o que corresponde 31%. Já Trabalhadores da Saúde foram 3.278 doses aplicadas (65.60%); gestantes, 975 doses aplicadas (29,08%); Puérperas, 271 (49,18%); Idosos 11.020 o que corresponde a 59.79% da população estimada; professores 1.413 doses aplicadas (40.70%).

Dados H1N1: Em Várzea Grande de acordo com a coordenadoria de Vigilância em Saúde até a data de hoje - 17 de maio – houve a confirmação de 2 casos de Influenza H1N1 em 2018. Foram notificados 45 casos com suspeita de gripe influenza H1N1, dos quais 12 foram a óbito. Dos óbitos, 2 confirmaram que foram por Influenza H1N1 após os exames laboratoriais e um caso o resultado foi positivo para a Influenza A(H3), 5 casos os exames deram negativo para a influenza H1N1 e 4 casos ainda sob investigação. Os demais casos ainda estão aguardando resultados de exames.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Ela protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da OMS, (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.