08 de maio de 2021 - 21:29

Educação

02/05/2021 17:37

EVENTO: IIº FORMAÇÃO POLÍTICA E CIENTÍFICA DE 2021

EVENTO: IIº FORMAÇÃO POLÍTICA E CIENTÍFICA DE 2021 - O que é um plano para promoção da igualdade racial? O que é um estatuto da igualdade racial?

DATA: 03 de maio de 2021.

HORÁRIO: 17h30 horário de Cuiabá.

LOCAL: Google Meet. https://meet.google.com/sqw-civr-ayj

REALIZAÇÃO: COLETIVO NEGRO UNIVERSITÁRIO/UFMT/CUIABÁ.

 SOBRE O EVENTO: A Formação Política e Científica ofertada por este movimento social negro, formado por estudantes, técnicos e docentes da UFMT, bem como por participantes da comunidade externa, consolidou-se desde 2013 como um espaço para compartilhar conhecimentos e vivências sobre as questões das relações raciais no Brasil, visando combater o racismo, (re)conhecer as inúmeras contribuições da população negra para o patrimônio material e imaterial brasileiro.

 OBJETIVO DA PALESTRA: O objetivo desta formação política e científica é conhecer o Estatuto da Igualdade Racial (lei nº 12.288/2010) e o projeto de lei municipal em discussão que visa instituir o Estatuto Municipal da Promoção da Igualdade Racial em Cuiabá. Buscamos responder às seguintes questões: em que consiste esses documentos? Quais partes e seções são pertinentes? Acreditamos que a elaboração desses documentos são - e devem continuar sendo - frutos da organização política e histórica das entidades e dos movimentos sociais negros que revindicam através dos aparatos instituicionais a garantia de diretos para toda a população negra brasileira.

 CONVIDADO: Prof. Dr. Carlos Alberto Caetano.

 SOBRE O CONVIDADO: Presidente do Conselho de Políticas de Ações Afirmativas da -CPAA/APRAE/UFMT ; Vice-Presidente do Conselho Estadual de Promoção e Igualdade Racial de Mato Grosso-CEPIR-MT; Estou Conselheiro de educação de Estado, em exercício (2017-2021, Ato nº 17.164/2017) no Conselho Estado de Educação de Mato Grosso - CEE-MT ; Coordenador da Comissão Permanente de educação em Direitos Humanos do CEE-MT, desde 2013 aos dias atuais (2021); Coordenador da Comissão de Educação de Ensino Superior da Câmara Educação Profissional e Superior -CEPS/CEE-MT (de 2015 aos dias atuais 2021); Membro da Comissão Permanente de Educação EJA/CEE_MT; Professor Efetivo de sociologia no Sistema Estadual de Educação do Estado de Mato Grosso período de (2007-aos dias atuais 2021). Doutor em educação (Políticas Educacionais da Diversidade) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação do IE/PPGE/UFMT. MEDIAÇÃO: Profa. Ma. Zizele Ferreira.

 

 

INTERVENÇÃO AFRICARTES: Lupita Amorim e Guto. 

PÚBLICO ALVO: Assim como as reuniões, as formações são ofertadas para toda a sociedade: Pesquisadores(as); Educadores(as); estudantes; militantes de movimentos sociais e do movimento social negro; e demais órgãos com função jurisdicional (OAB, Ministério Público, Defensoria Pública etc.).

CONTATOS: email: [email protected]

 instagram: @cnuufmt

 facebook: Coletivo Negro Universitário da UFMT.

 SOBRE O COLETIVO NEGRO UNIVERSITÁRIO UFMT: - O CNU/UFMT é um Movimento Social Negro atuante no âmbito da academia, cujo espaço político se dá por meio processos educativos, realizando formação contínua sobre relações raciais no Brasil e onde tratamos de assuntos penitentes da nossa vivência na UFMT.

 O Coletivo Negro Universitário da UFMT (CNU/UFMT) surgiu em junho de 2013 a partir de necessidades conjuntas relacionadas a questões raciais e a universidade. O CNU/UFMT é formado por estudantes, Técnicos Administrativos da UFMT e docentes desta universidade, tendo como objetivo pautar questões pertinentes a relações raciais e Políticas de Ação Afirmativa na educação superior.

  • Temos procurado e conseguido assento permanente em espaços de decisões e viabilizações de ações afirmativas na UFMT, bem como, participado junto da sociedade civil de discussões que envolvem a temática e ações do estado.
  • Auxílio Emergencial de R$ 600,00 até o fim da pandemia. -Vacina já para todas as pessoas!
  • Implementação efetiva das Leis Federais nº 10.639/03 e nº 11.645/08 já!
  • Dialogamos com algumas Pró-Reitorias da UFMT, principalmente com PROEG e PRAE em consideração ao conjunto de fundamentos: Constituição Federativa do Brasil/88, Lei nº 10.639/03, LDB nº 9634/06, Lei nº. 11.645, bem como a Resolução CNE/CP 01/2004, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Requeremos a implementação das leis em nossa universidade.

Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.