06 de julho de 2022 - 21:51

Saúde

02/04/2022 10:28

Placas preferenciais de atendimento do Hospital Municipal São Benedito começam a incluir símbolo do autismo

O Hospital Municipal São Benedito (HMSB) iniciou neste sábado (2), em comemoração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, a adesão à causa, com instalação de placa preferencial de atendimento para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A iniciativa visa agilizar o atendimento e acolher de maneira humanizada os pacientes autistas no âmbito hospitalar. 

As novas placas têm o padrão de fita quebra-cabeça, que reflete a esperança em relação às intervenções, conscientização e a complexidade do autismo. As diferentes cores e formas representam a diversidade de pessoas e famílias que convivem com essa síndrome. As placas de atendimento preferencial para pessoas com TEA foram colocadas na recepção, ambulatório e na área de exames e, acompanham as placas tradicionais de atendimentos prioritários de gestantes, idosos, mulheres com crianças de colo e pessoas com deficiência. 

Segundo o Prefeito Emanuel Pinheiro o atendimento preferencial para pessoas autistas é uma ação necessária. “Essas pessoas sofrem com discriminações e muita das vezes o autista e sua família passam por situações constrangedoras em público. É importante entender que, para eles, esperar pelo atendimento significa sofrimento devido à sensibilidade auditiva e a claridade luminosa. Essa medida humanizada é em respeito às pessoas com TEA e suas famílias”, destaca. 

A psicopedagoga, Thais Jimenez, que é uma das idealizadoras da ação, explica que a ação vai além de incluir pessoas com TEA ao atendimento prioritário. “Todos os setores da unidade hospitalar estão sendo orientados quanto à condição das pessoas com TEA, para que eles percebam os sinais e, então, realizem o acolhimento adequado”, ressalta. “É difícil identificar as pessoas com autismo, por isso é necessário essa ação de orientação, para que a permanência desse paciente no hospital seja mais leve e humanizada”, completa. 

De acordo com o gestor do HMSB, Paulo Rós, essa ação é respaldada na Lei 12.764, que institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. “A placa indicativa deixa claro que a pessoa está entre os beneficiários daquele atendimento especial, gerando redução do tempo de espera e conseqüentemente a melhoria no atendimento”, garante.

A ação de acolhimento ao paciente com TEA durante o protocolo de internação será desenvolvida pelas áreas de assistência e recepção do hospital, com o apoio de todos os setores. Dentre as ações desenvolvidas estão à distribuição de folhetos explicativos com os principais sinais de TEA e entrega de lembrancinhas em comemoração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo. 

PRINCIPAIS SINTOMAS DE PESSOAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA 

-Atraso no desenvolvimento: linguagem, habilidades sociais, contato visual, repetição de palavras ou frases 

- Apresenta reações incomuns a barulhos, cheiros, sabores ou toques 

- Apresenta movimentos como bater as mãos, girar as mãos em círculos ou balançar o corpo


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.